Rio Negrinho será premiada em Congresso Catarinense de Cidades Digitais

Sistema de ouvidoria, Curso de Informática para a terceira idade, Tecnologia na escola, Governança digital e Incubadora Tecnológica são alguns dos destaques na área tecnológica realizados em Rio Negrinho e que levaram a cidade a ser premiada no 4º Congresso Catarinense de Cidades Digitais, que ocorre nesta quinta e sexta-feira (21 e 22 de março), em Criciúma. O evento, promovido pela Rede Cidade Digital (RCD) em parceria com a Prefeitura de Criciúma, reunirá prefeitos, gestores, vereadores, empresários, academia e demais interessados na modernização dos serviços públicos.

Durante o evento, Rio Negrinho será agraciado com o prêmio Prefeito Inovador 2019, que será entregue ao prefeito Julio Ronconi por suas ações na área tecnológica e que fizeram a cidade avançar. “Isso demonstra que estamos no caminho certo, investindo em tecnologia para tornar nosso município cada vez mais avançado nesta área”, frisa o prefeito.

Durante o evento, tecnologias que garantem maior eficiência da máquina pública estarão em pauta no principal encontro do gênero direcionado para Prefeituras, em especial de cidades de pequeno e médio porte. “Tecnologia é vista como estratégica e imprescindível para controle de gestão e melhor relacionamento com os cidadãos”, frisa o diretor da Rede de Cidades Digitais, José Marinho.

No encontro serão abordadas as políticas públicas, estaduais e federais, direcionadas para fomentar a modernização dos municípios, modelos em andamento nas cidades e soluções de mercado. As ações do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) serão apresentadas pelo Coordenador Geral de Articulação do Departamento de Inclusão Digital do MCTIC, Samir Maia.

Projetos destaque

Durante o evento, Rio Negrinho recebe a premiação por iniciativas que fomentam o desenvolvimento do município através do uso estratégico da tecnologia. Os projetos em destaque são:

– Sistema de ouvidoria: A Prefeitura de Rio Negrinho firmou uma parceria com o Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria Geral da União (CGU). A iniciativa colocou em prática o Programa Federal de Fortalecimento das Ouvidorias, onde o cidadão pode via site da Prefeitura sugerir, solicitar, reclamar e denunciar à administração pública. A partir das informações trazidas, o Poder Público pode identificar melhorias, propor mudanças, assim como apontar situações irregulares.

– Curso de Informática para a terceira idade: A ação desenvolvida pela Prefeitura de Rio Negrinho vem conquistando a comunidade por seu estímulo ao raciocínio, a atenção, o equilíbrio e respeito às limitações de cada um. Na primeira edição reuniu duas turmas contando, ao todo, com 26 participantes. Nas aulas são ensinadas as funções básicas de informática e também introdução aos alunos no mundo da internet, abrindo novas possibilidades para que eles possam estudar, fazer pesquisas e ampliar seus relacionamentos. Durante as aulas os idosos aprendem funções básicas como, por exemplo, ligar e desligar o computador, acessar a calculadora, digitar e editar textos, enviar e receber e-mails, além receberem noções gerais sobre o funcionamento das redes sociais, dentre outras atividades digitais.

– Tecnologia na escola: Foi com o intuito de usar a tecnologia em prol da alfabetização que a EMEB Pioneiro Marcelino Stoeberl, em Volta Grande, iniciou o Projeto “Tecnologia na Escola”. A iniciativa atende a Base Comum Curricular, (BNCC), um conjunto de ações voltados para educação básica dos municípios. Muitos aplicativos são destinados à fase de alfabetização, aprimorando e estimulando habilidades motoras, visuais, espaciais e auditivas, que reforçam as atividades de sala de aula. Durante as aulas na informática, uma das propostas foi o caça-palavras. De forma divertida, os dedos deslizavam pela tela e as letras do alfabeto eram formadas uma a uma, tendo uma pequena seta que os orientava. “Percebemos que incentivar o uso consciente da tecnologia é tornar o aluno mais do que um simples usuário ou espectador desse recurso. É dar a ele suporte para ele ir além, explorar, criar e ser incentivado”, comentou a diretora Noeli Pereira Selinke.

– Governança digital: Prestar serviços ao cidadão de forma mais ágil, transparente e sustentável. Com essa visão, a Prefeitura de Rio Negrinho implantou o sistema de governança digital, desburocratizando processos e usando a tecnologia a seu favor. Para isso, vem inovando seus processos e ampliando os canais de comunicação com a comunidade. Entre os vários novos serviços, um comparativo de melhoria é em relação à emissão do Alvará Eventual. Antes, era necessário que o contribuinte fosse até vezes na Prefeitura para continuidade dos trâmites e retirada final do Alvará. Agora com o processo correndo online, ele precisará vir somente uma vez para retirar o documento final.

– Incubadora Tecnológica: Com Rio Negrinho passando a contar com uma Incubadora Tecnológica, ele passou a ser destaque nesta área. Inaugurada no final de 2018, tem como foco fomentar o surgimento de novas empresas, com foco na inovação e na tecnologia. Atualmente oito empresas já estão operando na Incubadora Tecnológica, construída pela Prefeitura de Rio Negrinho. Ao todo, são três galpões que totalizam 1,1 mil metros quadrados e que receberam investimentos de cerca de R$ 700 mil, através do Ministério da Indústria, Comercio Exterior e Serviços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *